terça-feira, 15 de novembro de 2016

       = Perpetuar dos sonhos =

Desinquieta-me os sonhos!
Na avidez, o amor transborda.
Leva-me ao mundo encantado
Lá, onde a beleza se espalha!

Com sorriso à mesa assentada
Cruzam-nos os olhares
Você, bela senhora,
Faz a noite
Eterna ser! 

Entre pequenos goles e petiscos
Nossos olhos se buscam
Mão que se tocam
Corações que se enlaçam.

Que importa...
Frases ditas ou não...
Se chove lá fora...
Se há lua
Ou se faz sol...
Somos anjos em volúpia
Caminhamos a luz do luar
Caricias e desejos
Ouve-se apenas murmúrio
Livre é o amor.

Em branco linho
Eu a vejo
Cabelos soltos
Olhos em chamas.
Entregamo-nos à libido
Voamos nas asas loucas da paixão
Perpetuo os meus sonhos.


Tonho Tavares