domingo, 30 de outubro de 2016

     = VIDA E SONHO =

         Por favor, feche o teus olhos
Sinta a suavidade da brisa que o teu corpo sopra.
Acariciarei o teu rosto com as costas das minhas mãos
ásperas do trabalho árduo do dia a dia.
Roçarei os meus lábios, bem de leve,  pelo teu pescoço.
Sussurrarei meus muitos desejos em teu ouvido.
Se houver em tua pele o arrepio, aconchegar-te-ei em meus braços
Buscarei os teus lábios e num louco desejo, beijarei a tua boca.
Daremos uma pausa para mundo.
Seremo-nos eternos, ainda que por segundos
Pois todo o tempo será pouco para nós dois.

Tonho Tavares