quinta-feira, 20 de outubro de 2016

         = POR VOCÊ =

  Estou a mercê do amor
Sussurros ao vento
Lamento, busco e não me contento
Eu quero você!

O amor não se faz com o tempo
É um doce tormento
Entorpecente do corpo
Que a alma faz renascer.

Estou a mercê do amor
Venha... a noite já se faz calada
A lua a espreita
Espera a sua chegada
Este coração  pede por você.

Estou à mercê do seu amor
Por favor... não me deixe ao acaso!
Meu corpo sedento em brasas
Há muito esperando por você.

Tonho.