quinta-feira, 15 de setembro de 2016

    = ASSIM É O AMOR =

   Venha...
Estou a tua espera.
No coração, o grito incessante do amor
No corpo, a chama ardente da paixão.

Venha...
Serei doravante o teu cultor
Regarei o teu sorriso
 adornando em luz o teu ser.

Venha...
Por quanto tempo ainda terei que esperar?
Não é o vir por vir
É o vir, do amar.

Sou um inveterado sonhador
não atenho-me a limites
 mergulho no mais profundo dos meus sentimentos
em busca das mais lindas noites de amor.

Longas asas têm o amor.
Voa livremente
Quando pousa em nossas vidas
resgata, liberta
reprime de vez a solidão.

Tonho Tavares.