sexta-feira, 26 de agosto de 2016

   = EM BUSCA DO AMOR =

Sou o errante caminheiro
no deserto perdido,
sedento, busco o oásis.
Preciso saciar minha sede.
Nos lábios teus, encontrarei a fonte.
Em teu corpo, o alimento.
Em teu amor, a essência vivificante
de uma paixão.

Invada o meu corpo...
Minha alma...
Sem pudor, com amor.
Acenda o brilho dos meus olhos
enlouquecidos.
Faz me valer a vida,
com a sofreguidão,
de quem, não mais, se permitirá a partida.

Tonho Tavares.