quinta-feira, 25 de agosto de 2016

    = BEIJOS =

Eu quero um beijo
de tamanho...
bem grandão.
Daqueles que os olhos amortecem
ouvi-se os sinos
acelera o coração.

Se não puderes dar-me o beijo
beijá-la, permita-me
por favor!
Sem tempo
Sem prazo.

Se acaso acanhada sentires
Deixe que eu a conduza...
Levar-te-ei tal e qual um exímio dançarino.
Sentiras leve como pluma ao vento
Se o beijo não me negar
beijaremos...
porquanto houver amanhecer.

Tonho Tavares