quinta-feira, 28 de abril de 2016

    = VIVER POR VIVER =

 Quando nasce o amor
O céu se faz em cores
A majestosa lua lança seu sorriso em prata
As flores dantes esquecidas invadem a alma
Tornando-se mensageiras.

Nos terrenos do coração antes áridos
Agora tal e qual olhos d’agua
Minam neste solo os sonhos.
Grande e frondosas arvores de quimeras
Abrem-se em flores.

Duvidas, inseguranças e ciúmes
Brincam com a alma apaixonada
É o quiproquó colocando em xeque
O amor.

O tempo é passado
Beijos, abraços, frases decoradas e criadas
Fortalecem o sentimento
É a vitória dos enamorados.

Amar é tão bom, tão suave
Que faz do mundo o paraíso
E tão pouco é preciso
É só a Ele se entregar.

Amar é sentir o coração bater em um mesmo compasso
É doar-se com ardor, a todos os beijos e abraços
É dormir com o gosto indescritível dos beijos
Acordar com desejos
Caminhar juntos por uma trilha sem final.

Quem ama, amacia a alma
Adoça os dias
Tem saudade antes das despedidas
Ouve com planura os desígnios da vida.

Com é fácil amar!
Difícil é esquecer.
Quando amamos e somos amados
Passam os anos, passam as idades,
Permanecemos para sempre
Como eternos enamorados.

O amor...
Como é bom descrever
E como é difícil encontrar!

Tonho Tavares.

     = A BUSCA =

Não pare de buscar
em algum lugar a sua felicidade está
por ti, ninguém é capaz de encontrá-la
quem sabe nas esquinas da vida
no bar lá do centro
no campo por entre as flores
até mesmo na mulher amada

 procure forte, e cada vez mais
o mundo não para,  para que você dê longa espiadas
Deus, o céu, e, tudo que nele de bom existe, estão lá
mas a sua felicidade terrena, ainda contigo não está.
 Vá para o espelho, dê uma espiada/
veja que linda criatura de Deus é você
sorria para si mesmo
encante com estes seus lindos
olhos que podem contemplar no mundo, tão belas imagens
solte sua voz, ousa o seu cantar
examine este seu bendito corpo que se locomove sabendo, quase sempre, onde chegar
veja as suas mão, que se bem usadas, afaga, acaricia, trabalha
mergulhe dentro de você
sinta quantos sentimentos que hão de ajudá-lo
ouse, pegue tudo que Deus lhe deu
amigos, lugares, família
volte novamente para o espelho
não se sinta acanhado
descubra quão simples e grande a sua felicidade
Todavia, pode sentir um pouquinho de vergonha
na vida, muitas vezes, sofremos por nada////

Tonho Tavares.
 Boa tarde a todos!

   = SONHO E FASCÍNIO =

O amor fascina...
Invade o corpo com tal leveza
Que sentimo-nos libertos ao vento..
Irmana com todos os bons sentimentos.
Destila felicidade
fazendo do outro a prioridade.
Sou eu novamente a divagar.

Vivo, rio, canto
Contemplo a lua e as estrelas
Busco a vida, o mundo
e tudo que o amor me revela.

O amor para ser puro, tem que ser singelo
Supera as lágrimas.
Pintando no rosto a esperança
que o sorriso emoldura.

Sou feliz pelo amor que minha alma cativa.
Amo a tudo e a todos.
Quem sabe num dia vindouro
 ainda serei priorizado?
Há de chegar este dia
que eu seja por este amor contemplado.

Amor tem que ser vida
e vida plena só a conhece
aquele que se é amado.

Tonho Tavares.
Boa tarde a todos!

     = SONHAR E AMAR =

Amor não é conceito...
É aquilo que, com ou sem permissão, agarra dentro do peito
Fazendo-nos rir ou chorar...
Será bênção ou maldição?
Quiçá nos punir,
Ou talvez a nossa vida enfeitar?
O que eu sei é que é impossível não amar.
 
Minha falta de conceito...
 não sei se é certo ou um defeito
O lema é amar, amar e amar.
Dias a fora, com beijos fáceis,
Com abraços arrochados
Com ou sem motivo
Nas chamadas do amor.

Recitar versos na simplicidade da alma
Ouvir com o coração cheio de bondade
As lamúrias, os desejos, os anseios
Os sonhos recentes ou do passado
Realizar... se puder!
O que vale é: Juntos sempre sonhar.

Sentir os nossos corpos em chamas
Os corações descompassados
Os olhos com intensos brilhos
Na explosão do puro ao profano
Na cama
Ou em qualquer lugar
Viver a intensidade do momento
No frenesi do amor.

Não se podem desperdiçar fragmentos pela vida
Não deixar que dissabores virem feridas
Que inflamam
Doem
E o amor derrama...
E o vazio consuma partes de nossas vidas.

Não sei se sou um poeta ou um louco
Deste amor eu sou inculto
O que me resta é sonhar.

Tonho Tavares

segunda-feira, 25 de abril de 2016

      =SAUDADE =

Vá, ó saudade!
Faça de mim o seu desafeto!
Permita que o meu coração em paz se aquiete.

Vá!
Leve os seus pertences!
São deles que vêm o meu tormento.

Retire a tristeza;
a dor que minha alma dilacera;
recolha as minhas lágrimas,
que, por sua culpa, foram derramadas.

Vá!  Vá!  Vá!
Mas, por favor, não deixe este vazio que corrói o peito
na dor do abandono.
Não recolhas os beijos que, no silêncio,
tornaram-se eternos.
Deixe que eu reviva as noites de amor,
quando nossos corpos se completavam,
transportando-nos a um plano encantado.

Perdoe-me, saudade!
Não posso me separar de ti.
Você é um caminho andado!
Em vários portos atracados
numa odisseia
de amor.

Saudade é viver o sonho...
do passado,
do presente
e do tempo que ainda não chegou.

Por favor, fique comigo, saudade!
Nossas vidas são um entrelace.
Sofro por você, ó companheira!
Sofrimento maior é nunca ter razão para sentir saudade.
   Boa tarde a todos!

   = PAIXÃO E LOUCURA =

Deixe-me vê-la dormir
Sentir os sonhos que povoam você
Ver seus lábios entreabertos como quem está a beijar.
Sobre o linho,  seu corpo se contorcendo em desejos.

Ah! Quisera eu ser o seu homem
Ter os seus lábios pronto para o beijo
Apertá-la em meus braços
Amar, amar e amar.

Ao seu despertar
Estarei ao seu lado
No rosto um sorriso
Nas mãos uma rosa perfumada.

Entregue-me os seus lábios
Os beijos eu lhe darei
Em meio ao lençóis  e devaneios
Os desejos mais ardentes conhecerá.

Tonho tavares

domingo, 24 de abril de 2016

      = SAUDADE =

Vá, ó saudade!
Faça de mim o seu desafeto!
Permita que o meu coração em paz se aquiete.

Vá!
Leve os seus pertences!
São deles que vêm o meu tormento.

Retire a tristeza;
a dor que minha alma dilacera;
recolha as minhas lágrimas,
que, por sua culpa, foram derramadas.

Vá!  Vá!  Vá!
Mas, por favor, não deixe este vazio que corrói o peito
na dor do abandono.
Não recolhas os beijos que, no silêncio,
tornaram-se eternos.
Deixe que eu reviva as noites de amor,
quando nossos corpos se completavam,
transportando-nos a um plano encantado.

Perdoe-me, saudade!
Não posso me separar de ti.
Você é um caminho andado!
Em vários portos atracados
numa odisseia
de amor.

Saudade é viver o sonho...
do passado,
do presente
e do tempo que ainda não chegou.

Por favor, fique comigo, saudade!
Nossas vidas são um entrelace.
Sofro por você, ó companheira!
Sofrimento maior é nunca ter razão para sentir saudade.


Tonho Tavares.
                            = Minhas quimeras =
         Hoje me surpreendi em devaneios...
Até aí, nada de extraordinário para quem vive em sonhos.
     Dei asas à minha imaginação...
Subindo a rua, pude ver do outro lado, uma senhora que varria sua calçada, sorrindo, disse-me em alta voz: _“Bom dia meu amigo!”
Atravessei a rua e lhe dei um beijo carinhoso na fronte.
Segui o meu caminho...
       Não muito distante, uma senhorinha, de lindos cabelos grisalhos, cuidava de seu jardim. A água, tal qual névoa, formava ao sol, as cores do arco-íris. Um bom dia eu a desejei! Gratificante fora a minha surpresa! Ela sorrindo, acenou com as mãos, chamando-me para perto, abraçou-me, ofertando-me uma linda rosa que povoava o seu jardim. Entrei no mais profundo de minha alma, arrepiei-me com tanto amor-irmão. Continuando a caminhada, um carro muito bonito, destes que só é visto com pessoas afortunadas, parou ao meu lado, um jovem desembarcou, elogiou a flor que vaidoso eu exibia. A ele, contei a origem dela; aquele elegante homem, disse-me: “Amigo, não tenho uma flor para lhe oferecer. Flores são colhidas por pessoas especiais, mas, no entanto, tenho dois braços que por Deus foram-me concedidos. Com eles posso dar-lhe o que de melhor habita em mim, o carinho através do abraço; abraçamo-nos, sentimos com um só coração, coisas de nosso Pai Celeste. Cheguei à padaria: ali, parecia uma grande festa de confraternização, todos riam, se abraçavam, abençoando-se mutuamente. Foi lindo!
Voltando, encontrei com uma jovem senhora que empurrava sua carrocinha de recicláveis. Não perdi tempo! Fui ao seu encontro; um pequeno rádio a pilha, tocava uma bela canção.  Peguei-a pelos braços e disse-lhe: “Concede-me esta dança, minha jovem senhora?” “É claro, meu jovem senhor!” Dançamos pela rua aos olhos brilhosos dos transeuntes. Em pouco tempo, todos se ajuntaram a nós, transformando as ruas e, posteriormente, toda a cidade, num grande salão de baile.
          Voltando para casa, pude perceber que tudo continuava como dantes, isto, eu não podia mudar... A senhora continuava varrendo a sua calçada, a senhorinha, regando suas plantas, o jovem abastado, com seu lindo carrão, a padaria com seus fregueses, a jovem senhora continuava com sua carrocinha de recicláveis. Aprendi que tudo é composição do mundo... parece imutável, mas, os sonhos de levar a felicidade! Dependem de mim, de você e de nós todos.
        Podemos encontrar a plenitude da vida quando absorvemos o amor... Só assim, nos doaremos por inteiro.

Tonho Tavares.
Bom domingo a todos! Beijos no coração!

      = MUITO EU QUERO =

Permita-me  que eu pegue as tuas mãos.
Elas, eu as beijarei com o carinho
E o respeito dos antigos cavalheiros.

Sentir-me-ei  orgulhoso
Em conduzi-la sob os olhares
Curioso.

Venha comigo...

Sentaremos a beira do lago
onde as estrelas e a lua
fazem dali a sua morada.

Deixe-me acariciar o teu rosto
Feche os olhos
contornarei suavemente
com as costas de minha mão
o teu queixo.
Os meus dedos deslizaram sobre os teus lábios
Certamente pedindo –te um beijo.

Tonho tavares.

sábado, 23 de abril de 2016

     = SONHOS INCOMPLETOS =

Sou...
 Estou...
 Ou me fiz assim?
Acordei...
Meu corpo e alma
ávidos de amor flagelam.
Lembrei-me da noite,
não passada,
vivida em quimera.
Sonho, de segundos ou minutos
eternizam o momento.
Eu, já envilecido, não me liberto deste doce tormento.
Com certeza, foi você minha musa, que povoou-me em sonho.
Seu corpo, juntinho ao meu,
pude sentir o perfume, que imaginei em você.
Seus beijos delicados ensandeciam-me por inteiro.
Seu rosto ao meu colado sussurrava baixinho
palavras lindas de amor.
Ainda posso sentir a maciez de sua pele.
Nossos passos lentos ao dançarmos.
Na cama, anelava o momento.
Acordei... injustiça!
Eu só, deitado fiquei a completar com os meus devaneios.

Tonho Tavares
    = SEUS OLHOS=

Eu quero estes olhos
Que despem meu corpo,
Que penetram minh’alma
e os sentimentos revelam.

Olhos que percorrem caminhos,
Que buscam os carinhos,
Que concedem o corpo
E se amortecem de prazer
ao gozo.

Olhos que recitam versos
Que trazem do universo
Uma estrela só pra mim.

Eu quero...
E como quero!

Se me deres estes olhos...
Dar-te-ei...
...o meu corpo,
...minha alma,
...meu sorriso.
Se tudo isso for pouco,
eu darei de troco
o meu coração, só pra ti.

Tonho Tavares.
Bom dia a todos! Sonhar é enfeitar a vida.

= UM POUQUINHO DE VOCÊ =

Quisera eu, dos seus sonhos, ser o senhor.
Ter a tua rede, da tua cama
Ter ainda que a metade.
Quero-te!
Mesmo que não me sejas por inteiro.
Dê-me, o seu sorriso, o seu olhar,
O seu anoitecer,
O despertar.

Dê-me um pouco dos seus carinhos,
Leve-me à metade do seu ninho,
Nas asas do amor, entrelaçaremos.
Você a metade, eu por inteiro.

Dois pratos, dois copos,
Intenções diversas.

No momento da paixão,
Serei todo seu.
Eu,
Carente, ardente, frágil,
Confesso a ti.
Esqueceremos as metades
Seremos muitos
Em uma só identidade.

Tonho Tavares

quinta-feira, 21 de abril de 2016

   = CAMINHOS DO AMOR =

Eu quero estes olhos
Que despem meu corpo,
Que penetram minh’alma
e os sentimentos revelam.

Olhos que percorrem caminhos,
Que buscam os carinhos,
Que concedem o corpo
E se amortecem de prazer
ao gozo.

Olhos que recitam versos
Que trazem do universo
Uma estrela só pra mim.

Eu quero...
E como quero!

Se me deres estes olhos...
Dar-te-ei...
...o meu corpo,
...minha alma,
...meu sorriso.
Se tudo isso for pouco,
eu darei de troco
o meu coração, só pra ti.

Tonho Tavares.
Boa tarde a todos! Vamos devanear?
   = QUE O SEU AMOR =

Em mim...
Jogue todo o seu amor
Não tenha dó nem medo.
Se machucar-me...
Devo apenas chorar.

Meu coração bombeia desejos.
Em minhas veias,
Corre o bem querer.
Em meu ser o doce sabor de amar.

Pegue o seu amor
Embrulhe-o em meus sonhos
e atire...
Se faltar-me fôlego
Se meus olhos fizerem chorar
Se a minha voz vier a falhar
Não se assuste...
É culpa deste louco desejo
de um dia lhe encontrar.

Tonho Tavares
      = EM BUSCA DO AMOR =

Sou o errante caminheiro
no deserto perdido,
sedento, busco o oásis.
Preciso saciar minha sede.
Nos lábios teus, encontrarei a fonte.
Em teu corpo, o alimento.
Em teu amor, a essência vivificante
de uma paixão.

Invada o meu corpo...
Minha alma...
Sem pudor, com amor.
Acenda o brilho dos meus olhos
enlouquecidos.
Faz me valer a vida,
com a sofreguidão,
de quem, não mais, se permitirá a partida.

Tonho Tavares.
Bom dia a todos que adoram sonhar!


= AMOR SONHADOR =

Coração, por favor
Faça silêncio!
Não vê que estou a sonhar!
Sei que guardaste tanto amor
Quero que os meus sonhos os levem
Para outro lugar.

Sabe, coração meu
que de amor também se morre!
Deixe que os meus sonhos o leve
Quem sabe terei lá melhor sorte.

Disseram-me que em algum lugar
Alguém padece por amor
Vá meus sonhos, seja sutil e cavalheiro
Quem sabe que eu seja, seu amor verdadeiro.

Tonho tavares

quarta-feira, 20 de abril de 2016

         = CORAÇÃO SONHADOR =  

 Venha...
Dê-me a tua mão.
Navegaremos por águas mansas do amor.
A cada dia, frases lindas e tocantes que se completam com beijos.
A cada noite, olhos de intenso brilho, a felicidade revela.
Deixe-me acariciar o teu rosto, os teus cabelos
Palavras e carinho, nunca podem silenciar-se.
Vamos contemplar as flores, passear por entre os jardins...
Margaridas, Rosas, Dálias, Amarílis, são flores que plantei para ti.
Se os nossos corpos sentirem desejos,
E o amor nos dominar,
Daremos ali mesmo o beijo,
Como é puro o direito amar!

Em casa, a mesa, lado a lado, degustando cafezinho
que com amor eu mesmo preparei
Serão, ao sabor, muitos beijinhos
Com tanto amor e sofreguidão
Para cama eu a levarei.

Pena ser tudo um sonho!
Foi o meu coração que inventou
O Amor não admite tristeza
É Dele a esperança sem fim.

Tonho Tavares
Boa tarde a todos! Como é bom sonhar!
    = VOCÊ E EU =

Quero ser poesia!
Mergulhar em versos,
Passear pelo universo
Do realismo ao sonho.

Atravessar o oceano,
Viajar em alento,
buscar a cada momento
a magia do amor.

Irei à ilha encantada!
Eu, poesia molhada,
Serei enxugado por você, menina,
Com a toalha macia do teu corpo despido.

Ilha de estrelas, de luar, de sol irradiante.
Mundo de sonhador,
recheado de encantos.

Sob o luar, você,                                                                                       nua como uma deusa,
 enlouquece-me com a sua beleza.
Pobre, eu poesia colho estrelas,
faço pra ti uma grinalda de brilhos.
Busco os mais perfeitos raios da lua,
teço como um artesão
um lindo e prateado echarpe para você. .

Abraçamo-nos em encantado leito.
Lábios e corpos em fusão,
Eu poesia, você canção.

Tonho Tavares
Boa tarde a todos!

= MENESTREL =

Quando a noite em tormento
Atroz doído sentimento
Faço-me menestrel.

Canto
Recito versos
Arranco-me sorriso
Busco amor.
Dos meus sonhos-sentimentos
sou eu, o cultor.

Tonho tavares

Obrigado amiga poetisa Eula, pela belíssima interação.

- Eula Vitória -
Poeta de alma bela,
cultivas o amor em mil aquarelas...
Transportas a dor,
o pudor,
o desejo em qualquer cor...
Transportei poesia em serões nas noites frias.

terça-feira, 19 de abril de 2016

       = SEREI SEMPRE APAIXONADO =

     Ah!
Estes meus lábios insaciáveis
que encistem em roubar-te
todos os beijos.
Este meu corpo que se consome
na ardência
possuído pelo desejo
busca a ti
minha mulher amada.

Tu bem sabes
minha fêmea adorada
o "eu"
teu homem
que vive a espreita
minha fêmea mulher
senhora de meus pecados.

Quero a ti
sem reservas
sem pudores
numa sofreguidão constante
no entrelaçar de nossos corpos
por onde as mãos mapeiam.

Serei sempre um sonhador inveterado
bicho homem
eterno apaixonado.
Não me importa muito o que sou...
serei sempre
o Tonho sonhador, pelo amor, apaixonado.

Tonho Tavares.

segunda-feira, 18 de abril de 2016

         Boa noite a todos!

= CÉU DA MINHA VIDA =

Permita-me levar-te ao céu
Nesta noite tão linda
que é feita para nós dois?

Terás os meus beijos sem medidas
Minhas mãos percorrendo em carinhos
O teu corpo transcenderá.

Na candura, na real quimera
Nossos corpos flutuantes em delírio
Se elevarão
num suave bailar.

Os deuses do amor
Nos farão, ainda que por uma única vida
Nós, eternos enamorados.

Permito-te que leve-me aos céus
A todo tempo
A todo prazo
A toda manhã.
A toda a noite.
O sempre será uma constante
A poesia retratará a nossa vida.

O céu não é tão distante
o coração sabe por onde caminhar.

É ele "o céu" o realizar dos sonhos
São os lábios que encontram abrigo
Corpos que se fundem
numa harmonia singular.
Seremos o céu de nossas vidas.

Permita-me
que eu permito-te
neste céu
juntos entrar.

Tonho Tavares

quinta-feira, 14 de abril de 2016



Boa tarde a todos! Artigo e desabafo.

= Microcefalia de honestidade =

Não estou falando de nossos irmãozinhos que, sem culpa alguma, foram contaminados, vivendo hoje com varias limitações. Mesmo assim, não perderam o direito de amar e serem amados, são pessoas dignas, muito embora, tão pouco assistidas pelos nossos órgãos incompetentes. Rogo sempre a Deus para que tenham, em seus lares, o aconchego e todo amor que nosso Pai Celeste nos ensinou.
Mudando de assunto, vamos ao outro tipo de microcefalia... Esta, com certeza a pior de todas, leva os seus indivíduos a olharem em uma só direção, para si mesmos, buscando a qualquer custo, o poder e dinheiro. São como um bando de “hienas enlouquecidas”, que me perdoe o animal hiena, por não merecer tal alusão. Desculpem-me os leitores, mas estou deveras furioso com esta corja de políticos safados, que nunca pensam no país ou no povo brasileiro, mas em seus próprios interesses.
Vejamos está farsa que estamos vivendo: Um bando de malfeitores, com dinheiro surrupiado e enviado para outros países, julgando a presidente, que também, por sua vez, de inocente não tem nada, como se fossem pessoas do mais alto principio moral e ético. Estes dias vi um deputado dizendo, “temos que fazer isto para ensinar o meu filho” Kkk Eu uso estes espécimes desumanos para ensinar, aos meus filhos, que não façam como estes... sei lá o quê. Este bando de “hienas” não podem ver uma carniça, se ajuntam, arrancando grandes e polpudas quantias. Nesta hora, não existe divisão partidárias, cada uma das “hienas com microcefalia” se lambuzam com a fétida carniça da corrupção, fazendo questão, que se dividam o fedor, para que a catinga de um não prejudique a mau cheiro do outro.
Como dizia o falecido Enéias: “Somos um país de um só partido”. Que vergonha, aos nossos olhos e do mundo que assistem horrorizados está grande farsa! Este julgamento elaborado anteriormente, apenas para tirar o foco de outras investigações.
Senhores... “senhores” é muito para tais pessoas, politiqueiros do Brasil, criem vergonha em suas safadas caras, como por exemplo, ver a cara, sem nenhum brio, ou decência, de Eduardo Cunha, falando sobre honestidade e justiça, por favor, olhe a carniça que o envolve, tenha decência e se retire a francesa antes que a justiça Divina o faça.
O povo não é bobo! Estão calados, mas percebem as manobras que vocês fazem para se esconderem. Pelo amor de Deus, senhores da PF e Judiciário brasileiro, cumpram com orgulho e honradez o papel que lhes é determinado, vocês são nossa única luzinha a brilhar timidamente neste obscuro país das “hienas”. Antes, quando tudo ia bem, todos os partidos “aliados” gritavam com a boca bem grande em frente às câmeras: “Estamos construindo um país melhor.” Hoje com a crise, atribuída somente à presidente, debandaram para outras possibilidades, (Pensam eles “quem sabe se nos unirmos, certamente ganharemos uma boquinha, um pouquinho da fétida carniça”. “Filho feio não tem pai”, não falando de crianças, mas de obras feias, assim dizia meu velho pai.
Na verdade, ninguém assume o seu grau de culpa, se estavam todos juntos, por que não tentaram mudar as coisas? Puxa... mudar seria matar a galinha dos ovos de ouro.
Por favor, deputados e senadores, sabemos que o que estão fazendo, na verdade, é apenas tentando salvar as suas próprias e sujas peles, lobos que querem vigiar o galinheiro. Desejam tirar a presidente, para assumir o comando e mudar as regras do jogo, estão com muito medo e tentam pegar as cartas para abafar a carniça que carregam em suas almas. Este odor não pode ser extinto, já contaminou os seus corpos e suas almas. Busquem o bom senso, é hora de melhorar o país, não de destruir, como fez aquele leão e suas hienas, não me lembro o nome dele, do filme o Rei Leão.
Tenho certeza que você, “hiena microcefálica”, deve estar vivendo o martírio, semelhante o filme do Freddy Krugger: “Não durma! O Freddy vem te pegar”! PF e STF, não contem com essas hienas manobristas, contem com o povo, nós sempre estaremos ao lado do bem!


Antônio José Tavares. (TONHO) filho do (RAJOTA). 62 anos de idade.

quarta-feira, 13 de abril de 2016

     = EM BUSCA DO AMOR =

Sou o errante caminheiro
no deserto perdido,
sedento, busco o oásis.
Preciso saciar minha sede.
Nos lábios teus, encontrarei a fonte.
Em teu corpo, o alimento.
Em teu amor, a essência vivificante
de uma paixão.

Invada o meu corpo...
Minha alma...
Sem pudor, com amor.
Acenda o brilho dos meus olhos
enlouquecidos.
Faz me valer a vida,
com a sofreguidão,
de quem, não mais, se permitirá a partida.

Tonho Tavares.
   = CORAÇÃO SONHADOR =

  Venha...
Dê-me a tua mão.
Navegaremos por águas mansas do amor.
A cada dia, frases lindas e tocantes que se completam com beijos.
A cada noite, olhos de intenso brilho, a felicidade revela.
Deixe-me acariciar o teu rosto, os teus cabelos
Palavras e carinho, nunca podem silenciar-se.
Vamos contemplar as flores, passear por entre os jardins...
Margaridas, Rosas, Dálias, Amarílis, são flores que plantei para ti.
Se os nossos corpos sentirem desejos,
E o amor nos dominar,
Daremos ali mesmo o beijo,
Como é puro o direito amar!

Em casa, a mesa, lado a lado, degustando cafezinho
que com amor eu mesmo preparei
Serão, ao sabor, muitos beijinhos
Com tanto amor e sofreguidão
Para cama eu a levarei.

Pena ser tudo um sonho!
Foi o meu coração que inventou
O Amor não admite tristeza
É Dele a esperança sem fim.

Tonho Tavares
Boa noite a todos! Obrigado a todos pela força!

= NO COMPASSO DO CORAÇÃO =

Meu coração tal e qual um pendulo
no compasso balança
vai pra "lá" vai pra "cá"
vai pra "lá" vai pra "cá"

No repetido bordão
entoa a canção
diz "sim" diz "não"
diz "sim diz "não"

Busco o "sim"...
felicidade sem fim
Busco o "não"
Serei ou quem sabe?

Do "sim" ao "não"
um longo talvez.
Plenitude a vista?
Depende de nós
Muito mais de você.

Na "ida"
semeia o amor.
Na "volta"
rega com lágrimas
Na "ida"
colhe rosas.
Na "volta"
cuida-me dos espinhos.

Paro, reparo, inspiro-me
entre "idas" e "vindas"
um bom tempero
me encontro por inteiro.
Venha, amor meu!
Com meu coração compartilhar.
Vamos amar a cada instante
pra "lá", pra "cá", pra "lá", pra "cá".

Tonho Tavares.

segunda-feira, 11 de abril de 2016

Boa tarde a todos! Como é bom sonhar!
     = VOCÊ E EU =

Quero ser poesia!
Mergulhar em versos,
Passear pelo universo
Do realismo ao sonho.

Atravessar o oceano,
Viajar em alento,
buscar a cada momento
a magia do amor.

Irei à ilha encantada!
Eu, poesia molhada,
Serei enxugado por você, menina,
Com a toalha macia do teu corpo despido.

Ilha de estrelas, de luar, de sol irradiante.
Mundo de sonhador,
recheado de encantos.

Sob o luar, você,                                                                                       nua como uma deusa,
 enlouquece-me com a sua beleza.
Pobre, eu poesia colho estrelas,
faço pra ti uma grinalda de brilhos.
Busco os mais perfeitos raios da lua,
teço como um artesão
um lindo e prateado echarpe para você. .

Abraçamo-nos em encantado leito.
Lábios e corpos em fusão,
Eu poesia, você canção.

Tonho Tavares
   Quem convive com corruptos, ou são políticos, ou bandidos. Qual a diferença? 
     
Antônio Tavares. Divinópolis Minas Gerais.
Bom dia a todos, que como eu, gostam de sonhar!

= ESPERANÇA E AMOR =

Vou buscá-la querida
Na derradeira lua
Numa canção linda, só sua
Que entre sonho e amor
Escrevi pra você.

Venha...
Fiz para você uma ponte
Donde jorra a linda fonte
Dos amantes apaixonados.

Caminharemos pela estrada do encantado
Nós, eternos namorados
chegaremos as verdes campinas dos amores.

Tonho tavares

domingo, 10 de abril de 2016

 
  = COLO DE AMOR =

De colo eu careço.
Meu pensamento quer repouso,
os mais belos sonhos,
precisam ser massageados
sentir o meu corpo, transcendendo,
em busca do seu.

Colo,
é que nem poesia,
retira, lá do fundo, a alma,
e alimenta o amor.

Colo que se faz ausente.
Felicidade fica em semente,
aprisionados, os sonhos,
padecem.

Venha libertar os meus sonhos.
Juntos, cultivaremos as sementes.
Em grandes cachos, colheremos,
a felicidade.  

Tonho Tavares
Boa tarde a todos! Beijos no coração.


      = VIDA, ROSAS E ESPINHOS =

O mundo não ofereceu-me flores
E nem mesmo os espinhos.
Ao colher a rosa, assumo, maravilhei-me com tal exuberância!
Em descuido ou acaso, machuquei-me.

Vale-me a vida... a luz do amor!
Se tempestuosa parece,
Clareia minha alma, a dor.

Sou filho do tempo
Meu é um pequenino espaço!
Extraiu, em tudo, a essência da vida
Busco como guarida, o amor.

Se o Santo Espírito faz-me morada
Pouco, perturba-me a dor.
A rosa trouxe-me a beleza infinda
O espinho, o respeito causou.

De meu cultivo lhe darei as flores
Delas, o sorriso de Deus, alegrando o nosso jardim
Guardarei com carinho os espinhos
Parte deles fizeram-me assim.

Tonho Tavares.

Boa noite para você, que como eu, gosta de sonhar!

      = MULHER SONHO =

Não é preciso de um milhão de desejos...
Milhares de beijos...
Para sentir o quanto eu te amo.

Mesmo que...
As nuvens escuras
Oculte o sol em sua exuberância...
Que as estrelas, (por desencanto), desnudem dos seus brilhos...
E as longas madrugadas padecidas em lágrimas marcarem presença...
E as manhãs mal amanhecidas despertarem sem flores...
Ainda assim eu a amaria.

Para você...
Poliria a cada uma das estrelas
Retirando delas os seus mais lindos brilhos.
Pintaria o céu com as cores do arco-íris.
Desenharia o sol em seu poente
Desvairando por detrás do mar.
Faria de todas as madrugadas fagueiras.
Plantaria as mais lindas flores debaixo de sua janela
Dentre todas você seria a mais bela.

Quem sabe um dia
Numa breve momento
Eu, de amor sedento
Declamarei para você estes versos.
Venha meu amor sonhado
Farei de te a minha mulher amada.

Tonho tavares
  
   = VAZIO DA ALMA =

 Hoje acordei sem poesia
Coração ausente
Alma vazia.

Senti-me só e carente.
Procurei solver-me
Nada fazia sentido.

A manhã estava linda
Pássaros em revoadas
Céu de um azul intenso
Poetas inspirados teciam os seu versos.

Peguei o carro
Fui até a cachoeira
Sentei-me na sombra da mais frondosa arvore
A brisa fresca soprava o meu corpo.

Estendi os meus olhos a imensidão
Fui em busca dos meus ausentes  sonhos
Cheguei em meu cantinho encantado
Na certeza de novas ilusões.

Uma sessação de alívio pairava sobre minha alma
Andei pelos floridos vales
Ouvi o gaitear das cascatas
Maravilhei-me com aquele encantado lugar.

Voltei a pequena cabana
Aquela,  lá à beira do lago
Adentrei, tudo estava como dantes

A lareira
O tapete
A rústica mesa de madeira
Com apenas duas cadeiras.

Cheguei ao quarto...
O catre com uma colcha de retalho estendida
Dois criadinhos mudos na parede encostado
Dois cabides
no teto um candelabro iluminado a velas
Na janela uma cortina amarelada pelo tempo
Do lado de fora, um jardim de margaridas florido.

Que paz!
Estava tudo quase perfeito
O que faltava, não eram os sonhos
Era você,  mulher amada.

Tonhotavares


Abençoado domingo a todos!

= PRESENTE DO CÉU =

O céu veio a terra...
Beijou o chão, reverenciou o mar, as cachoeiras
As matas, e os montes.
Chegou até você
Não lhe fez reverencias
Buscando-a pelas mãos
Contou-lhe uma linda história de amor
Fez você dormir
Cobrindo-a com o lençol branco dos sonhos
E por ali, eu a esperava.
Linda, você estava
Cabelos soltos ao vento
Seus olhos mais pareciam duas estrelas
De intenso brilho.
Com delicadeza, eu a abracei.
Como por encanto
Uma canção nos fez ouvir
Dançamos como na realeza
Rodamos por todo o imenso salão
Distribuímos sorrisos de uma eterna felicidade.
Senti que teus lábios vinham de encontro aos meus
Naquele momento, como por magia
Todo o cenário se desfez
Ali estavam, você e eu
Na cama entre paredes
Reféns de um amor inevitável
E sem fim.
Tomei você em meus braços
Vieste com leveza e furor.
Beijei os teus lábios
Com fome de amor.
Envolvemo-nos loucamente, ate a exaustão.
No relaxamento dos sonhos, adormecemos.
Não fui eu, o autor da conquista
Foi o céu que veio a terra
Dando-me você como um presente
tornando-se o mais valioso
Tesouro da minha vida.

Tonho Tavares