segunda-feira, 25 de maio de 2015



 EU QUERO UM BEIJO. 

Hoje eu quero um beijo
Estou carente
Não estou só.
O meu quarto infestado de sonhos esta
Os desejos desfilam pelas paredes
No teto um lustre que insiste revelar-me a solidão
No ar um perfume, tão forte, tão doce, de um amor a ser vivido.

Um pequeno sonho caiu em meu colo
Colhi um desejo, não muito grande
Que descuidadamente pousou em meu peito.

Deslumbrei você em minha cama
Sorriso lindo de mulher amada.
Seus lábios sensuais buscavam os meus
Apossei-me de uma dúzia, dos velhos sonhos, que incautos se moviam 
Senti o seu corpo se contorcendo em delírio
Suas mãos macias deslizavam pelo meu rosto
A chama ardente, do amor, se esparramava pelo meu corpo
Uma louca paixão desalinhava o leito
E eu, que só queria um beijo!

Lustre malvado
De espada incandescente
Despertou os meus sonhos
Eu só, aguçados desejos.

Tonhotavares.