sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

= Despertar com Amor =

Sobre o branco lençol,
Contemplo a sua forma.
Seu pé a amostra,
Sutilmente, entre as minhas mãos, eu o coloco.
Acaricio, dou lhe mil beijos.

Sua respiração denota-se em crescente ofego.
Em sua cama,
Percorro todo o seu corpo;
Encontro a sua boca.
Levemente, deslizando os meus lábios aos seus.
Meu corpo é entrelaçado pelos seus braços.
Atados pelos abraços e aos beijos,
Ficamos de joelhos na cama.
Um belo dia de amor se descortina.
Sonho, sonho e sonhos.
Quem sabe um dia!


Tonho Tavares