sábado, 29 de novembro de 2014

Boa noite a todos! 

      = CORAÇÃO FERIDO =

Voa coração ferido.
Agarre-se aquela nuvem derradeira
Cruze os céus
Procure o seu ninho,
O seu abrigo.

Nem a maravilhosa lua
Que aos poetas inspiram,
Que arranca suspiros nos enamorado,
Até mesmo ela, em total esplendor,
Viaja hoje fria e orgulhosa,
ignorando a minha dor.
 
Disseram-me, que pouco além
Do sol poente,
Vivem os mágicos poetas
Que enlouquecidos de amor
plantam ali, os seus mais lindos versos
Os seus desejos.
Certamente farão
Amenizar a minha dor.

Seus poemas 
Forjado a ferro e fogo,
descreve os seus romances,
seus momentos,
suas paixões viventes e vividas.

Alguns encontraram
Seus amores.
Outros absorveram a suas dores.

Quiçá em seus poemas,
 que ali, não por acaso ficaram,
Eu encontre o balsamo refrescante
 Para minh’alma.

Meu Senhor... Acho que estou “deveras!”
Louco
Cada dia é tão pouco,
A se desacreditar no amor.

Quem sabe no amanhã vindouro
Venha uma chuva de estrelas
Colorindo a vida
Ao repicar no solo
Em aquarela,
Deixe no chão escrito...
“O nome dela”
E a vida sorrindo e a te me revela.


Tonho Tavares