quarta-feira, 27 de agosto de 2014


= Primeiro amor =

Senti o amor caminha pelos meus olhos
Passear na minha boca
Instalar-se no meu corpo.
Aquilo doía de felicidade

Que noites lindas de espera
Saídas regadas a luas e estrelas
Músicas que mais pareciam
Recheios de diversos sabores.

Noites vindas
Noites idas
Noites lindas
Noites eternas
Noites de paixão.

Chegava a casa cheirava a camisa
Sentia seu perfume
Fechava os meus olhos
Podia sentir a ardência do seu corpo.

Você se foi
O amor não perdeu a sua beleza
Mas como doeu!
Não há processo cirúrgico
Que retire-o sem  dor.

Hoje lembro da adolescia com saudade
Eu com dezessete
Você com trinta
Que maldade. 


Tonho Tavares