sexta-feira, 22 de agosto de 2014

              = MOMENTOS DE AMOR =

Vamo-nos perder na cama.
Sentir o prazer se exaurindo em suor.
Entrelaçados em murmúrios e abraços,
aperta o laço, o nó, que nos une em um só.

Nos teus lábios ouvirei os seus mais
secretos segredos.
Para meu corpo, farei o enredo,
e fantasias rolarão.

Nossos corpos pujantes,
ardentes em chamas,
unhas que a pele riscam,
Loucuras que alma arranca.

Amor amado, amor sonhado,
amor feito,
amor satisfeito.
Momento inebriante
Em profunda dormência,
os nossos corpos silenciam.


Tonho Tavares