quinta-feira, 21 de agosto de 2014

= Brincar de Amar =

Vamos contar as estrelas
 Assistir a lua
 que por entre as nuvens vagueia.

Abraçar fortes
Beijos molhados e demorados
Brincaremos de amar.

Deitaremos ao relento
Corpos em chama
Que chama
As caricias do amor.

Cole seu rosto em meu peito
Ouça o coração que clama
E chama
A chamada da paixão.

Cobriremos com o manto negro da noite
Sentiremos o açoite
Da brisa que vem do mar.

Não será esta noite eterna
Eternos nós seremos
No doce desejo de amar.


Tonho Tavares