segunda-feira, 30 de junho de 2014

        = Força do amor =

    Vidas que por amor
vagueiam.
Nem sempre em flores
sementes semeiam.

O amor é mais forte que o vento
atravessa a pele
a carne
toma de assalto o corpo
e a alma incendeia.

Quisera eu ser feliz
sem o padecer do amor.
Privilegio...
Presunção...
Coração doído
já machucado.

Vida boa sem amor...
É como um cofre sem dinheiro.
É um jardim sem flores.
É  um arco-íris de uma só cor.

Sem amor eu me perco...
Sou eu uma encruzilhada sem seguimento.
Um sorriso com lágrimas.
O suspiro do mar
no abandono da madrugada.


  Tonho tavares