terça-feira, 29 de abril de 2014

=Pensamento=

O desabrochar do amor
Às vezes é lindo!
Traz consigo o frescor das manhãs,
O arrepio do gozo,
O perfume das flores.
Quando cultivado, tudo isso, permanece.
Se maltratado,
Machuca a alma,
Coloca dentro do peito uma coroa de espinhos.
Cicatrizes profundas o coração padece.
É o perecer dos sonhos.

Tonho Tavares