terça-feira, 29 de abril de 2014


                        = Amar =

Eu quero um amor
que se eternize no amanhecer,
que sele com beijos
que se dá ao desejo do querer.
O coração planta as loucuras
que de emoção suspira
ao simples entrelaçar das mãos.

Não tem que ser perfeito
O amor a tudo dá jeito.
A ele, os trejeitos
que renovam, respiram e transpiram
o perfume inebriante da felicidade.

Que venha deitar-se com ternura,
Amar com loucura,
Acordar com o doce desejo
de ganhar um beijo
e se perder em carinhos...

Tonho Tavares