sábado, 29 de março de 2014


=Romântico amor =

 O romantismo sobrepõe-se ao tempo.
Ele, o amor, não se vão com o vento.
E o beijo é o gozo da alma.

O amor vem de um sorriso,
Às vezes de um olhar, do falar,
Ou... do nada.
 O coração muda de lado,
Grita calado, retumba no peito,
Ouvi-se uma voz, quase um gemido,
Te amo... te amo...te amo.

Os pássaros, a lua, o mundo, 
O encantado.
As estrelas d’antes frias, 
Como meras coadjuvantes
Agora brilham tanto, mas tanto,
Que exalam seus perfumes
Das mais diversas fragrâncias.
A noite é acordada
E o amanhecer adormece, no mais profundo
Sonho vivente.

Tonho Tavares