sábado, 30 de novembro de 2013

                         = Saudades =

Cada amanhecer era único!
A suave brisa
O gorjear dos pássaros,
O orvalho na grama,
O céu que se abre,
Tempo de infância,
Cheiro de criança.

O aroma do café fumegante,
Convida à mesa.
O leite, a broa de fubá, 
O biscoito no café molhado
Sabor criança.
É infância!
É vida!
É esperança!

Tonho Tavares