quinta-feira, 31 de outubro de 2013

     = VISITA DE AMOR =

O dia é passado.
A noite salpicada de estrelas,
 Descortina-se.
O incomodo silêncio
Perturba o meu ser.
Só, pergunto ao vento que passa,
Onde ela está?

O céu busca meus olhos,
De estrelas iluminados.

Eu meio quê, perdido ao relento,
Envolvo-me em pensamentos...
Quisera eu colher, uma a uma, as estrelas,
deitá-las sobre a nuvem derradeira,
Ao lado do seu travesseiro,
Com todo o meu amor,
ali deixar.

Quando acordar cedinho
Vera com muito carinho,
Que o céu e eu,
Estivemos a visitá-la.
                                                                                                                                                        
Tonho Tavares