quinta-feira, 31 de outubro de 2013

     = ABRIGO DO AMOR =

Sonhos meus 
que a tua janela invade
espia, admira
a ti, criatura
escultural mulher.

Seu corpo na cama
Pelo sono tomado
Pernas lindas a amostra
Eu, em sonho, maravilhado.

Nossos sonhos se misturaram
seremos , eróticos, românticos
não importa 
na ternura do amor
serei o seu prazer.

Aconchegar-me-ei em teu leito
Minhas mãos buscaram o teu corpo
Numa corrida quase louca
De quem tem pressa para amar.

Seus olhos abriram ao fascínio 
carnes em desejos
partiremos logo para os longos beijos
noite eterna pra sonhar.

Tonho Tavares
Toninhotav@hotmail.com